O ENTERRO DA TIA

O ENTERRO DA TIA
Toda a família em Cuba se surpreendeu quando chegou de
Miami um ataúde com o cadáver de uma tia muito querida. O corpo estava
tão apertado no caixão que o rosto estava colado no visor de cristal.
Quando abriram o caixão encontraram uma carta, presa na roupa com um
alfinete, que dizia assim:

Queridos Papai e Mamãe,














O ENTERRO DA TIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pensamentos

“Voce que ao ouvir-me chorar, com suas palavras de afeto e carinho me fez sorrir. Voce que ao sentir-me desesperada muitas vezes me fez v...

Páginas