ADORAÇÃO



 Deixa que te confesse em poesia:

O meu sentir, a minha dor imensa,

O mal de te perde. Sou o que pensa

Em ti, a toda a hora, noite e dia.



Deixar adorar-te assim, em poesia,

Nas rimas que fizer e os meus versos,

Mesmo que os deite fora, ainda dispersos

Hão de lembrar-te aquele os fazia.














ADORAÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pensamentos

“Voce que ao ouvir-me chorar, com suas palavras de afeto e carinho me fez sorrir. Voce que ao sentir-me desesperada muitas vezes me fez v...

Páginas